Madeiras

As madeiras que compõe um violão são variadas, em um mesmo violão se pode encontrar mais de 4 tipos de madeiras diferentes, isso porque no conjunto cada uma delas exerce sua função em determinada parte do instrumento. Basicamente um violão clássico é composto por maple ou jacarandá ( brasileiro ou indiano) nas laterais, fundo e cavalete, abeto ou cedro canadense no tampo, mogno ou cedro brasileiro nas estruturas e braço e ébano na escala, além das madeiras ornamentais que compõe a roseta, filetes e a pala. O conjunto e as combinações destas madeiras é que na maioria das vezes determina o som, a beleza e elegância da peça.

Na questão madeira, é sempre útil frisar que o importante é que esta seja cortada radialmente e armazenada de maneira correta para que desta forma possa proporcionar maior resistência e sonoridade ao instrumento. Cada madeira tem seu som característico, assim podemos parcialmente prever o som final de um violão quando o cliente acaba de escolher as madeiras para a construção do mesmo. Todavia, sempre ressaltamos que cada instrumento é único, mesmo quando dois violões são feitos com os mesmos tipos de madeira e pelo mesmo artesão, é praticamente impossível que os dois sejam iguais!

Comments are closed.